27 JULHO 2022
VARÍOLA DOS MACACOS
Ocorrência deve ser registrada como "hospitalar"

De acordo com o Comunicado DPME nº 17/2022, nos casos de afastamento devido a contaminação por varíola dos macacos, o RH da Unidade/Órgão deverá solicitar perícia médica por meio da "Área Restrita" do sistema eSisla. As orientações para o envio dessa solicitação estão detalhadas no referido comunicado.

Vale lembrar que, da mesma forma que nos casos de afastamento por Covid-19, a ocorrência deve ser registrada como "hospitalar", a fim de evitar que o servidor tenha que passar por perícia presencial enquanto estiver em isolamento, devido ao risco de contaminação.

No caso de necessidade de afastamento para acompanhamento de familiar contaminado pela referida patologia, o RH da Unidade/Órgão deverá encaminhar para o email periciasatendimento@sp.gov.br o relatório médico completo contento o nome do servidor como familiar responsável (cuidador).

Dúvidas poderão se encaminhadas para dgrh.dso@unicamp.br.