O que você procura?

Novembro Azul

Bigodes e conscientização

Neste mês, o azul e os bigodes entram em cena para abrir o chamado "Novembro Azul". Logo após o "Outubro Rosa" - período dedicado à disponibilização de informações sobre o câncer de mama -, a campanha busca promover a conscientização a respeito do câncer de próstata, uma das doenças que mais assola a população masculina do Brasil. Assim, permite que casos potencialmente fatais sejam precocemente diagnosticados e tratados.

A ideia para o período surgiu em novembro de 2003, na cidade de Melbourne (Austrália), e, a partir de lá, se disseminou como movember para mais de 20 países. O nome vem da junção das palavras em inglês moustache (bigode) e november (novembro), já que nele os homens, além de se envolverem com a causa em si, assumem o famoso "bigodão" deixando-o crescer por um mês.

Os adeptos ao movimento - também chamados de “Mo Bros” - podem se cadastrar no site da fundação Movember - grande representante da iniciativa -, postar uma foto com o rosto barbeado e, no último dia do mês, com o bigode cultivado. As mulheres também estão convidadas a se cadastrar (mas sem a obrigação de deixar o bigode crescer).

No Brasil

A campanha começou oficialmente neste domingo (1), durante o 35º Congresso Brasileiro de Urologia no Rio de Janeiro, mas acontece desde 2008. A iniciativa é fruto da parceira entre a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) com o Instituto Lado a Lado Pela Vida. Juntas, as instituições realizam eventos pelo país, como palestras informativas em empresas e outros locais de grande circulação de pessoas. Além disso, também promovem ações interessantes, como a mudança na iluminação de diversos monumentos e pontos turísticos pela cor azul.

Segundo o portal da SBU, um de seus estudos apontou que, atualmente, cerca de "sete novos casos da doença surgem a cada hora". Em contrapartida, outro de seus estudos demonstrou que "51% dos homens [na chamada idade de risco] nunca consultaram um urologista". Isso cria um cenário preocupante, já que o diagnóstico "precoce" é a chave para que o tratamento curativo dê certo. "O objetivo do Novembro Azul é diagnosticar casos no início, quando as chances de cura beiram 90%", divulgou o SBU em seu portal.

O exame

A recomendação que os especialistas passam é que homens negros ou que possuem parentes de primeiro grau que já tiveram a doença devem consultar um urologista a partir dos 45 anos. Os demais, a partir dos 50 anos. O exame da próstata em si consiste na realização do toque retal e na dosagem de PSA - Antígeno Prostático Específico - no sangue.

Na Unicamp

Como evento comemorativo ao Novembro Azul, o CECOM (Centro de Saúde da Comunidade) promoverá palestra informativa no dia 23, das 15h às 16h, no Auditório I da AFPU. A Drª Tâmara Nieri, uma das especialistas do Centro abordará o tema "Prevenção ao Câncer de Próstata". Todos os servidores - homens e mulheres - estão convidados. "Tanto homens quanto mulheres se beneficiam dessas informações, já que podem divulgar para seus familiares", afirma a assessoria do CECOM.

No dia 17, todos os servidores da Unicamp estão convidados a usar peças de roupa na cor azul, por ser considerado o dia mundial da prevenção ao câncer de próstata.

A programação completa dos eventos promovidos pelo CECOM a respeito do Novembro Azul pode ser conferida em seu site.

Para saber mais: Sociedade Brasileira de Urologia / Instituto Lado a Lado Pela Vida  / Fundação Movember / Matéria da DGRH de 2014

 

Símbolo Novembro Azul

Símbolo Novembro Azul

Congresso Nacional

Congresso Nacional

Monumento às Bandeiras

Monumento às Bandeiras