Brinquedos da Natureza - O brincar heurístico

Brinquedos da Natureza - O brincar heurístico

Trabalhando com o tateamento experimental, com materiais da natureza e com pouca intervenção do adulto

21/09/2018

“A criança não se impressiona com a superficialidade formal.
Há sempre, de sua parte, um interesse maior pela substância e menor pelo resultado”. 
Piorski Gandhy

 

Após perceber que a turminha Dó Ré Mi faz questão de explorar os materiais, tintas e objetos de forma intensa e muito particular, usando o máximo de sentidos possíveis, decidimos incentivar nossos pequenos, estimulando o brincar heurístico.

Notamos que as atividades de exploração e tateamento vinham aumentando a capacidade de concentração e de sensibilidade do grupo, bem como no desenvolvimento de seu raciocínio lógico, ampliando a imaginação e a capacidade dos pequenos de interagir, de brincar e de manusear estes objetos.

Cada folha ou pedrinha encontrada pelo caminho, tem sido explorada. Os pequenos permanecem um longo tempo observando as sementes que caem da árvore e as formigas que passeiam pelo chão. Seguram, apertam e testam possibilidades.

Sendo assim, reunimos vários materiais encontrados na natureza, principalmente no chão, para que nossas crianças pudessem ter à disposição um acervo rico, que incentivasse o brincar autônomo e criativo.  Para isto, juntamos folhas, sementes e recursos que  a natureza nos oferece diariamente e deixamos para livre acesso.

Com o material descoberto a criança inventa sua forma de brincar, cria novos significados para os objetos. Por exemplo, um pedaço de madeira se transforma em uma cerca, um castelo ou uma torre; uma argola de madeira se transforma em pulseiras e assim por diante, segundo a imaginação de cada um. O brincar se tornou mais inventivo, mais intenso e criativo.  Diferente do brinquedo formal que, muitas vezes dita a forma de manuseio, os brinquedos de chão deixam o imaginário  fluir e arrebatam toda atenção dos pequenos.

 

Professoras:

Márcia Soares
Cristina Kovalski
Simoni Rodrigues
 

Agradecimentos:

Agradecemos ao Sr. Sebastião Vital, que nos auxiliou na busca pelos materiais, lixando e preparando para que os pequenos pudessem manusear sem risco.

 

Referências

Gandhy Piorski – Brinquedos de chão
Pedagogia do bom senso – Celéstian Freinet
Folhas e rolos de papel para as crianças experimentarem sensações Sr. Sebastião preparando os bloquinhos de madeira Sr. Sebastião auxiliando as crianças com os bloquinhos de madeira Brincando com argolas de madeira Brincando com os bloquinhos de madeira Brincando com os bloquinhos de madeira Brincando com os bloquinhos de madeira Experimentando cores e texturas

© 2013-2017 Diretoria Geral de Recursos Humanos - Todos os direitos reservados

Desenvolvido pela
Comunicação Institucional/DGRH

Fale com a DEdIC

Rua Carlos Chagas nº 301 - Unicamp - Campinas, SP

dedicsa@unicamp.br

(19) 3521-7899