INGRESSO
ADMISSÃO DE PESQUISADOR
Revisado em: 2011-11-28T16:30:00-03:00
O que é?

É a contratação de Pesquisador em carreira específica, que pode se dar através de Concurso Público ou Processo Seletivo Temporário.

A DGRH é responsável pela publicação dos editais no Diário Oficial do Estado de São Paulo - DOE, convocação e contratação dos candidatos aprovados. As Unidades/Órgãos são responsáveis pela divulgação dos editais e demais etapas do processo de seleção.

 

Procedimentos para o servidor

O candidato aprovado em Concurso Público deve acompanhar as publicações da homologação do resultado final fornecer os documentos solicitados pela unidade para análise.

Após aprovação da admissão pela CAD, aguardar o contato da unidade e da DGRH, agendando a realização do Exame de Sanidade e Capacidade Física para Ingresso. Estando apto, o candidato deve acompanhar a publicação da nomeação no Diário Oficial do Estado de São Paulo - DOE. A partir da publicação, o interessado tem 30 dias corridos para iniciar suas atividades junto à Unicamp.

 

Procedimentos para o RH

Após a homologação do resultado final do Concurso Público, o RH da Unidade/Órgão deve providenciar a abertura do processo de vida funcional em nome do interessado, se já não houver. No processo deverá juntar os documentos necessários para análise da nomeação e os documentos pessoais do candidato. O processo de vida funcional deverá tramitar para aprovação no Conselho Departamental e Congregação da Unidade e seguir para análise, da Câmara de Administração - CAD.

Após a aprovação da nomeação pela CAD, recebe da DGRH a convocação do interessado, contendo o formulário com dados para realização de Exame de Sanidade e Capacidade Física para Ingresso a ser preenchido junto ao departamento.

Após o candidato ser considerado apto no Exame de Sanidade e Capacidade Física para Ingresso e ser publicado o Ato de Nomeação no Diário Oficial do Estado de São Paulo - DOE, o Docente tem 30 dias corridos para iniciar suas atividades. Nessa data, a Unidade/Órgão deve emitir o Termo de Entrada em Exercício e enviar para a DGRH, a fim de que seja providenciada a inclusão do Docente na Folha de Pagamento, respeitando o Cronograma Mensal SIARH.

 

A quem se destina?

Unidades e Órgãos que tenham vagas de Pesquisador disponíveis em seu Quadro de Vagas.

 

Restrições

A admissão de Pesquisadores na Unicamp se dá somente através de Concurso Público ou Processo Seletivo Temporário.

Este produto não se aplica a servidores técnico-administrativos, docentes, pesquisadores colaboradores, professores colaboradores, extra-quadro e voluntários.

 

Legislação

Deliberação CAD-A-002/2005 alterada pela Deliberação CAD-A-002/2010
Institui a Carreira de Pesquisador (Pq) e dá outras providências

 

Contato

Caso tenha alguma dúvida, sugestão ou crítica sobre este produto, envie email para dgrhdoc@unicamp.br ou entre em contato através dos ramais 12542 / 14819 / 14828.

 

Como proceder em caso de insatisfação?

Enviar email para dgrhdap@unicamp.br

 

Documentos relacionados

  

Perguntas frequentes

  • +

    Qual o procedimento para contratação de Pesquisadores?

    A DGRH convoca candidatos após a homologação do Processo Seletivo pela CCPCEPE, e CAD.

    A convocação é enviada por email ao responsável pelo RH da Unidade/Órgão interessada na contratação, que comunica o candidato, cabendo a DGRH executar todos os trâmites para a admissão.

    Após o candidato ser considerado apto no Exame Médico Pré-Admissional, é publicado o Ato de Admissão no Diário Oficial do Estado de São Paulo - DOE e o Pesquisador tem 30 dias corridos para iniciar suas atividades. Nessa data, a Unidade/Órgão emite o Termo de Entrada em Exercício e envia para a DGRH, a fim de que seja providenciada a inclusão do Pesquisador na Folha de Pagamento, respeitando o Cronograma Mensal SIARH.

    O contrato por Concurso Público tem período de experiência de 90 dias, no qual o candidato será avaliado pela chefia imediata.

    O contrato temporário vigora enquanto perdurar o afastamento do servidor ou, em situações excepcionais, até o prazo máximo de 2 anos, conforme § 1º e 2º do artigo 443 e artigo 445 da Consolidação das Leis do Trabalho - CLT, podendo ser rescindido a qualquer tempo por ambas as partes.