PRÊMIO AOS PROFISSIONAIS DA CARREIRA PAEPE   |   EDIÇÃO 2017

comissões julgadoras

 

Comissões Julgadoras Locais

O objetivo das Comissões Locais é selecionar e registrar no sistema informatizado o melhor projeto em seu âmbito de atuação, de acordo com as seguintes orientações e critérios de avaliação:

Orientações para avaliação dos projetos

A) Todos os trabalhos devem ser avaliados em 10 critérios.

B) A cada critério deverá ser atribuída uma pontuação, levando em consideração:
5 - excelente
4 - muito bom

3 - bom
2 - razoável
1 - ruim

C) O projeto que receber pontuação “excelente” em todos os critérios somará 50 pontos.

D) Para ser considerado com potencial para vencedor do Prêmio PAEPE, o projeto deverá atingir pontuação entre 25 e 50 pontos. Projetos com a soma entre 10 e 24 pontos não poderão ser contemplados.

E) Não pode haver empate entre os projetos. Fica a critério da Comissão Julgadora decidir os critérios de desempate.

Critérios para avaliação

1) Relevância do tema: Utilidade do trabalho e alinhamento ao PLANES da Unicamp e da Unidade/Órgão. Demonstra a efetiva contribuição do trabalho para a melhoria da área onde foi implantado e para a Universidade.

2) Inovação: Avalia o quão inovadora é a solução apresentada pelo projeto.

3) Dimensão: Avalia se o projeto atende expectativas imediatas ou também considera as futuras.

4) Abrangência: Considera a quantidade de áreas e pessoas que o projeto consegue alcançar dentro da Unidade/Órgão e Universidade.

5) Replicabilidade: Avalia a capacidade de aproveitamento do projeto em outras Unidades/Órgãos.

6) Eficácia: Medições de antes e depois da implantação do projeto que demonstre a melhoria alcançada (nível de satisfação, reclamações, prontidão para atendimento aos usuários, nível de adequação ao solicitado). Apresenta o grau de satisfação dos usuários com relação à eficiência do projeto. Considera o esperado e o atingido pelo projeto.

7) Redução de custo: Valor ou porcentagem de redução do custo do processo após a implantação do projeto.

8) Redução do tempo: Valor ou porcentagem de redução do tempo na execução da atividade ou serviço com a implantação do projeto.

9) Continuidade: Tempo de duração do projeto e perspectivas futuras.

10) Integração: Considera a quantidade de áreas envolvidas dentro da Unidade ou outras Unidades/Órgãos no desenvolvimento do projeto.

 

Comissão Julgadora Geral

Cabe à Comissão Julgadora Geral indicar, dentre os vencedores locais, os 10 projetos que concorrerão aos prêmios da categoria de Melhor Projeto da Universidade, sendo composta por um representante de cada uma das seguintes áreas: Administração Central, Saúde, Humanidades e Artes, Tecnológica, Exatas e Biológicas, cujos membros são indicados pela respectiva área e designados pelo Reitor, de acordo com o parágrafo único do item 5.3 do Anexo I da Deliberação CAD-A-002/2014, de 12/08/2014.

A Comissão Julgadora Geral 2017 tem a seguinte composição (Portaria GR 102/2017, de 30/10/2017):

Administração Central: Rodrigo Cesar da Silva (DGRH)
Saúde: Luciane Cristina Rosim Sundfeld Giordano (HC)
Humanidades e Artes: Luciana Rodrigues (FE)
Tecnológicas: Nestor Ezequiel de Oliveira (FEEC)
Exatas: Viviane Jandira Nogueira Biondi (IG)
Biológicas: Welbe Oliveira Bragança (IB) 

 

Júri

O júri é responsável por analisar os 10 projetos indicados pela Comissão Julgadora Geral e definir os 3 melhores projetos da Unicamp, classificados em 1º, 2º e 3º colocados.

 

 

Desenvolvido pela Assessoria de Comunicação/DGRH
© 2011-2017 Prêmio aos Profissionais da Carreira PAEPE - Unicamp